ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: ANÁLISE DA PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS NA MATRIZ ENERGÉTICA BRASILEIRA

Palavras-chave: Geração de energia, Energia limpa, Matriz energética

Resumo

Um fato que se destaca quanto a matriz energética brasileira, é sua diversidade. Ainda que ocorra um domínio das modalidades que utilizam da água como força motriz, vem ganhando destaque e espaço no mercado e na geração de energia a de origem solar. O objetivo deste estudo é analisar a participação de cada Estado na matriz nacional de energia elétrica por meio da energia solar fotovoltaica. Para tal, foram apurados os dados abertos disponibilizados pela ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, sobre a capacidade de geração do Brasil nos empreendimentos em operação. Observa-se que a posição geográfica privilegiada do Brasil favorece que as regiões nordeste e norte sejam potenciais geradores de energia solar fotovoltaica, além disso, a maioria dos Estados da Federação tem participação nesta modalidade.

Biografia do Autor

Antonio Otto Neves Filho, UninCor

Engenheiro mecânico especialista em Engenharia de Petróleo e Gás, mestrando em Sustentabilidade em Recursos Hídricos pela Universidade Vale do Rio Verde (UninCor), Três Corações, MG, Brasil

Alisson Souza de Oliveira, UFLA / UninCor

Doutor em Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), Prof. Dr. na Universidade Vale do Rio Verde (UninCor), Três Corações, MG, Brasil

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL. Capacidade de Geração do Brasil. 2019. Disponível em: . Acesso em: 23 ago. 2019.

MACHADO, Carolina T.; MIRANDA, Fabio S. Energia Solar Fotovoltaica: uma breve revisão. Revista Virtual de Química, v. 7, n. 1, p. 126-143, 2015.

TIBA, Chigueru; FRAIDENRAICH, N. Atlas Solarimétrico do Brasil: banco de dados solarimétricos. Recife. Ed. Universitária da UFPE, 2000.

SILVA, Rayssa Guimarães; CARMO, Marlon José do. Energia Solar Fotovoltaica: uma proposta para melhoria da gestão energética. InterSciencePlace, v. 12, n. 2, 2017.
Publicado
2019-12-17