TENDÊNCIAS DE ÍNDICES CLIMÁTICOS PARA CIDADE DE IBIRITÉ – MINAS GERAIS

Palavras-chave: Tendência Climática. Índices de Extremos Climáticos. Precipitação

Resumo

As mudanças climáticas ocorrem em todo o planeta Terra e, de forma mais ou menos intensa, ficam registros em alguns ambientes geológicos como por exemplo as glaciações que deixam marcas nas rochas sobre as quais ela se desenvolveu. Essas mudanças fazem parte da própria evolução do planeta, desde o início de sua formação a aproximadamente 5 bilhões de anos atrás até os dias atuais e são influenciadas pelas atividades geológicas como a subducção de placas tectônicas, vulcanismo e geração de novas cadeias montanhosas. Essas mudanças físicas na superfície do planeta, interferem na atmosfera resultando na alteração do clima.  No entanto, estudiosos de múltiplas áreas das ciências naturais têm aplicado técnicas modernas com o objetivo de entender como as ações antrópicas podem também estar influenciando no clima. Desde a revolução industrial, o homem tem descarregado na atmosfera enormes quantidades de gases que podem, potencialmente, ter efeito sobre o clima, como CO2 e gás metano. Outro fato que pode estar influenciando no clima é o desmatamento e o desenvolvimento das grandes metrópoles através da alteração da incidência da radiação do sol criando ilhas de calor. Uma forma simples, porém, eficaz de avaliar o comportamento do clima ao longo do tempo é através do monitoramento da temperatura ambiente e da precipitação. O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) opera estações meteorológicas em todo o Brasil e a utilização desse banco de dados, que é de domínio público atente a pesquisadores de várias instituições espalhadas por todo o país. Em Minas Gerais, a Estação Ibirité (OMM: 83632), localizada na região central do Estado foi escolhida para este estudo, por estar próximo a um grande centro urbano, Belo Horizonte e por apresentar um bom histórico de monitoramento, pois iniciou sua operação em 06/04/1959. Neste estudo, foram analisados os dados de temperatura dessa estação de 1961 a 2015 e os dados de precipitação de 1961 a 2017 para composição de índices de extremos climáticos da cidade de Ibirité.

Biografia do Autor

Flávio Soares Nunes

Engenheiro de Minas, mestrando em Sustentabilidade em Recursos Hídricos pela Universidade Vale do Rio Verde (UninCor), Três Corações, MG, Brasil

Lucas de Albuquerque Martins

Engenheiro Ambiental e Sanitário, mestrando em Sustentabilidade em Recursos Hídricos pela Universidade Vale do Rio Verde (UninCor), Três Corações, MG, Brasil

Rayssa Garcia de Sousa

Engenheira Ambiental e Sanitária, mestrando em Sustentabilidade em Recursos Hídricos pela Universidade Vale do Rio Verde (UninCor), Três Corações, MG, Brasil

Simone Andrade Bastos

Administradora de Empresa, mestrando em Sustentabilidade em Recursos Hídricos pela Universidade Vale do Rio Verde (UninCor), Três Corações, MG, Brasil

Alisson Souza de Oliveira

 Engenheiro Agrônomo Doutor em Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas pela Universidade Federal de Lavras (UFLA),

Prof. Dr.  na Universidade Vale do Rio Verde (UninCor), Três Corações, MG, Brasil

Referências

BESSAT, Frédéric. A mudança climática entre ciência, desafios e decisões: olhar geográfico. Terra Livre, v.1, n. 20, p.11-26, 2003.

CONTI, José Bueno. Considerações sobre as mudanças climáticas globais. Revista do Departamento de Geografia. v. 16, p.70-75, 2005.

EEROLA, Toni Tapani. Mudanças climáticas globais: passado, presente e futuro. Florianópolis, 10p. 2003.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: . Acesso em 27/10/2018.

LUIZ SILVA, W., DERECZYNSKI, C. Caracterização climatológica e tendências observadas em extremos climáticos no estado do Rio de Janeiro. Anuário do Instituto de Geociências / UFRJ, v.34 – 2 /2014 p. 123-138.

LUIZ SILVA, W., DERECZYNSKI, C., CHANG, M., FREITAS, M., MACHADO, B. J., TRISTÃO, L., RUGGERI, J. Tendências observadas em indicadores de extremos climáticos de temperatura e precipitação no estado do Paraná. Revista Brasileira de Meteorologia, v.30, n.2, 181-194, 2015.

NÓBREGA, J.N.; DOS SANTOS, C.A.C.; GOMES, O.M.; BEZERRA, B.G.; BRITO, J.I. Eventos extremos de precipitação nas mesorregiões da Paraíba e suas relações com a TSM dos oceanos tropicais. Revista Brasileira de Meteorologia, v.29, n.2, p.197-208, 2014.

OLIVEIRA, A. S., PEREIRA, G. A., RODRIGUES, A. F., NETO, J. O. M., 2018. Tendências em índices extremos de precipitação e temperatura do ar na cidade de Uberaba, MG. Revista Sustentare, v.2, n.1, jan/jul. 2018, p.134.

OBREGÓN, G. MARENGO, J.A. Mudanças Climáticas Globais e seus Efeitos sobre a Biodiversidade. In: Caracterização do clima no século XX no Brasil: tendências de chuvas e temperaturas médias e extremas. Ministério do Meio Ambiente. Relatório 2, 87p. 2007.

QUEIROZ, Marise Aparecida. Avaliação de tendências em séries de precipitação diária máxima anual na faixa central do estado de Minas Gerais. Dissertação (Mestrado em Saneamento Meio Ambiente e Recursos Hídricos) – Programa de Pós-Graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, UFMG, Belo Horizonte, 202p., 2013.

ROSSETI, Victor. Aquecimento Global – A percepção pública quanto as mudanças climáticas.Net Nature, 2017,

SOUZA, Paulo Henrique; SANCHES, Rafael Grecco; SANTOS, Bruno César dos. Índices Climáticos e Chuvas Intensas no município de Alfenas/MG no período de 1984-2016. Revista Brasileira de Climatologia. v.1. n. 14, 321-342, 2018.
Publicado
2019-12-17