Legis Augustus

A Revista Legis Augustus se apresenta com uma nomenclatura que requer esclarecimentos: não deriva diretamente de uma composição latina, mas da conjunção entre alegis latina e Augustus, nome da Revista Científica da UNISUAM e de maior expressão no meio acadêmico. Por outro lado, a expressão legis, é histórica e universalmente conhecida, podendo representar multiplicidades tais que o discurso da Ciência do Direito nela se abrigue de forma aberta e interdisciplinar. Além disso, a gênese desta Revista excede a noção de criação inédita, pois o Curso de Direito da UNISUAM, nos seus mais de trinta anos, já produziu exemplares de produção acadêmica em atendimento às necessidades de então, embora reduzidos a exemplares isolados. Hoje, coroando esse resultado e atendendo ao atual perfil acadêmico do Curso, apresenta-se a Legis Augustus. Em formato eletrônico, apressa-se ao debate cognitivo e revela a produção do nosso Curso de Direito. Tem identidade interdisciplinar, mas não se reduz ao seu conceito puro. A axiomática das disciplinas que envolvem a pesquisa jurídica abrange a conectividade contributiva de outras disciplinas sob variadas formas, como eixo de integração entre saberes. Entretanto, longe de ser uma meta, a interdisciplinaridade é uma dinâmica que visa à cooperação e ao diálogo entre disciplinas e instituições, comportando outros métodos ou evoluindo para outras concepções. Nesse sentido, interdisciplinaridade não é ideal, mas a práxis da Legis Augustus. Os artigos aqui publicados são testemunhas dessa prática e inspiram a produção multidisciplinar do debate acerca do Direito e de sua ciência. O eixo de integração supracitado envolve a temática da Revista: Direitos Humanos e Cidadania. Sob esse mote, todos os saberes confluem para um entendimento gerador de debates e de novas propostas: dinâmica de saberes que se envolvem no pathos da atividade acadêmica.

v. 7, n. 1 (2016): Legis Augustus


Capa da revista


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN: 2179-6639

UNISUAM Publicações

www.unisuam.edu.br